Projetos

Lançado em março de 2013, o programa ganhou apoio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico (SEDE), Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG) e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). Afinal, o trabalho era grande: foi montada uma rede de agentes comerciais que apresentam as empresas a clientes potenciais. O Nordeste foi a região escolhida para a prospecção, por ser pouco explorada pelos confeccionistas de Divinópolis.

 

Ao mesmo tempo, as confecções redirecionaram seu foco de produção para o fast-fashion de moda feminina, deixando de fabricar um grande número de peças de um mesmo modelo, na mesma coleção, para fazer lançamentos com maior frequência.

 

A curadoria visou prospectar o comprador ideal para as marcas e culminou com a realização de um encontro de negócios em agosto de 2013, em Belo Horizonte, entre 24 marcas de Divinópolis e 89 clientes do Nordeste do país. Em dois dias de evento foram realizados mais de 600 negócios e vendidas quase 26.500 peças, um total de R$ 1,481 milhão.
Em março de 2017 foi realizada a sexta edição, pela primeira vez em Divinópolis, com a participação de 62 expositores sendo eles empresas da confecção moda feminina, masculina, infantil, plus size e acessórios, trazendo mais novidade ao evento. As compras feitas dentro do MVB movimentaram cerca de 4,5 milhões de reais trazendo mais de 400 clientes de todo o pais para a cidade de Divinópolis, aquecendo a economia e o turismo da mesma.
O Sinvesd junto ao SEBRAE já estão nos preparativos para a sétima edição do MVB em agosto desse ano com a coleção de verão 2018, aguarde!